13 novembro 2009

Porque você merece

Porque você merece

Tais anúncios de TV perpetuam-se por décadas, os quais dizem que se o seu cabelo é luminoso ou se sua pele é linda e se o seu corpo é suave devido a atuação de seus produtos, você merece isso… mas quando você experimenta os seus produtos em casa, você se sente enganada. Não há brilho quando o vento sopra os seus cabelos, os céus não ressaltam seus olhos e a sua pele pode ser tudo, menos perfeita… Será que isto significa que você não merece toda aquela beleza que você vê na TV?
A verdade é que a beleza retratada nestes comerciais não é a beleza que realmente importa. Parece ser bom e lhe faz sentir-se bem consigo mesma mas não é suficiente para fazê-la sentir-se merecedora. Eis a razão pela qual existem tantas mulheres famosas lindas na TV deprimidas, viciadas em drogas e álcool e fingindo ser felizes.
Penso ser possível resumir com segurança a beleza de uma mulher em graça, discreção, sabedoria e caráter. Você só pode sertir-se digna quando a sua beleza inclue todas estas qualidades. Isto não quer dizer que você deva desprezar a sua aparência, mas é preciso entender que a sua aparência é uma conseqüência externa daquilo que está em seu interior.
Se você tiver apenas aparências, você pode até parecer digna, mas não se sentirá assim. Mas quando você se sente digna, você quer aparentar assim também. Se você é graciosa, discreta, sábia e verdadeira, você irá mostrar tudo isso na maneira que você olha, sorri, caminha, fala e vive a sua vida. É a combinação perfeita de beleza.
Quando uma mulher é verdadeiramente bela, ela merece tudo o que é bom e certo. Ela não precisa se ajustar a nenhum relacionamento, ela pode escolher o que é melhor para ela. Ela não precisa se sentir aceita, ela mesma se aceita como ela é e por esse motivo, atrai bons amigos.

Ela não precisa se sentir aceita, ela mesma se aceita como ela é e por esse motivo, atrai bons amigos.
Quando o marido de Rute morreu e ela decidiu deixar sua família para seguir à Naomí, sua sogra, para uma terra estranha; ela o fez exclusivamente devido a sua fé. Ela havia adquirido tanta beleza através dessa nova fé de Naomí que se ela ficasse para trás, voltaria a cair nas tradições e cultura de sua família, a qual investia apenas na parte exterior.
Ao chegar naquela terra estranha, Rute imediatamente foi trabalhar. Ela era uma viúva e naqueles dias, se não houvesse marido por perto, você práticamente passaria fome até morrer caso não encontrasse algum meio de se alimentar. Ela saía cedo e retornava tarde da noite para trazer comida suficiente para ela e Naomí. É interessante notar que o seu futuro marido, que era o dono da terra onde ela trabalhava, imediatamente a notou. Agora imagine, uma mulher trabalhando nos campos… como ela aparentava? Arrumadinha? De jeito nenhum! E ainda assim, ele a notou. Leia sobre ela no livro de Rute na Bíblia – vale a pena!
Rute tinha todas as qualidades certas. Então você vê, L'Oreal, revistas e dicas de beleza online não são de grande eficiência. Você só será merecedora quando você for de fato bela por dentro e por fora. Invista na sua fé, leia a Bíblia, ore e vá à igreja. Daí você vê como um relacionamento com Deus pode torná-la em uma mulher mais bela em todos os sentidos.

Na fé,

Cristiane Cardoso

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe um Comentário

Perguntas e orientações não serão respondidas neste espaço. Estas deverão ser feitas somente pelos meios disponibilizados na sessão CONTATOS. Lembramos que este espaço é reservado somente para comentários. Somente comentários relevantes ao assunto serão autorizados.

"Respondeu-lhes: Esta casta não pode sair de modo algum, salvo à força de oração e jejum". Marcos 17; 21